Qual deve ser a regularidade da prática?

Agende sua experiência

Inscreva-se na nossa newsletter

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no print

Qual deve ser a regularidade da prática?

Muitos alunos nos perguntam qual deve ser a regularidade da prática ou quantas vezes na semana podemos praticar, ou ainda se podemos fazê-la todos os dias.A nossa prática pode ser realizada diariamente! Cada um vai incorporar em sua rotina aquelas técnicas que sejam ideais para desenvolver e aperfeiçoar aquilo que desejar: boa forma, incremento na vitalidade, melhor rendimento nos esportes, na profissão etc.Mesmo que você não consiga incorporar a prática na sua rotina diária, é possível dedicar algum tempo na semana para isso. É importante que a prática seja prazerosa, portanto, ela deve ser assimilada de forma natural e com a disciplina e constância os resultados serão alcançados.Então vamos praticar!

Sente-se com as pernas cruzadas e faça um breve aquietamento. Esse momento inicial é importante para você se concentrar, eliminando as dispersões mentais, mantendo o foco e a atenção para tudo que ocorre da pele pra dentro. Essa fase inicial pode ser breve.

Passe aos exercícios respiratórios. Num primeiro momento observe a sua respiração sem interferi-la. Depois, desenvolva uma respiração ampla, completa e profunda, explorando a respiração abdominal, intercostal e torácica. Dessa forma, você passa a executar a respiração completa. Inspire e expire de forma sutil, sem pressa, observando o fluxo do ar adentrando e saindo de seu corpo. A nossa respiração será sempre nasal. Conforme seu adiantamento, você poderá adicionar outros elementos ao seu respiratório, deixando essa técnica mais avançada.

Em seguida, passe às técnicas corporais que têm a intenção de desenvolver tônus muscular e flexibilidade. Sugerimos essa sequência para você iniciar a sua prática, mas com a orientação de um instrutor formado e com o tempo de prática, você terá liberdade para desenvolver a sua própria sequência. Inicialmente permaneça por 30 segundos em cada posição e vá gradativamente ampliando o tempo de permanência. Lembre-se que não trabalhamos com repetição, então execute cada uma das técnicas uma única vez. As posições que você executar para um lado compense executando da mesma forma para o outro.

Quando finalizar a sequência, faça uma breve técnica de meditação. Sente-se de forma confortável com as pernas cruzadas e as costas eretas. Deixe a respiração suave, e vá percebendo os pensamentos cessarem. Direcione toda sua atenção para a imagem da chama de uma vela. Visualize-a de forma bem nítida e simplesmente permaneça contemplando a imagem. Afaste qualquer outro pensamento que vier à mente. A sugestão é realizar inicialmente a meditação por 3 minutos, depois você pode acrescentar 1 minuto a mais por semana.

Depois da prática você se sentirá muito mais leve, feliz e bem disposto. Com mais energia, motivação e disposição para realizar tudo o que você se determinar.

Agora o importante é manter a regularidade e ir se desafiando cada vez mais!

Um forte abraço,
Equipe Itaim