Mentalizações para o final de ano

Agende sua experiência

Inscreva-se na nossa newsletter

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no print

Mentalizações para o final de ano

Larissa Luna

Larissa Luna


Resoluções de ano novo: já começou a pensar nas suas? Chegamos ao último mês do ano! Nessa época boa parte das pessoas começa a fazer um balanço dos meses que se foram. Refletimos sobre o que foi legal, agradecemos e já começamos a nos preparar mentalmente para um novo período de 365 dias. É nessa época também que começamos a pensar naquela listinha (ou listona) de coisas que queremos fazer, mudar, parar ou aprender no ano que se aproxima. Estabelecer metas é uma forma de manter a motivação em dia.

1. Defina um único objetivo: existem centenas de experiências que desejamos desfrutar na vida: ficarmos ricos, sermos amados, estarmos sempre saudáveis, sermos respeitados pelas outras pessoas, reconhecidos pelas nossas qualidades, viajarmos para conhecermos lugares novos, ficarmos famosos etc.
Escolha uma única meta para 2021 entre tantos sonhos que você deseja concretizar. Além de nossa mente primata, que se alimenta permanentemente de novidades, ou seja: dispersões, e que lá pelo meio do ano tentará você em trocar de meta, se elegermos muitas metas, nosso foco ficará dividido e nossa vontade, comprometida.

2. Avalie suas competências: uma vez definido o seu objetivo, sente-se e em uma folha em branco, trace um risco no meio da folha dividindo-a em duas áreas distintas. Em um dos lados, anote quais as suas habilidades, talentos inatos que facilitarão a concretização da sua grande meta para o próximo ano.
E no outro lado da página, marque quais as aptidões, capacidades que precisa desenvolver, aprimorar para a consolidação do seu objetivo prioritário em 2021.
A visão clara de nossas fortalezas e fraquezas ajuda muitíssimo para o desenvolvimento do seu projeto.

3. Analise se o que deseja está alinhado com a sua natureza: muitas vezes o que queremos é originado das expectativas dos outros sobre nós, que promove uma pressão contínua e nem sempre desejável.
Por outro lado, como primatas, precisamos do apoio, do reforço do grupo e não podemos excluir as perspectivas das outras pessoas.
Equilibrar as necessidades de reconhecimento dos outros com as próprias, individuais, no momento de definir o grande objetivo anual, em minha opinião, são vitais para que não desistamos por conflitos entre ter e ser.

4. Pondere se o seu objetivo é viável. Em quantas ocasiões aspiramos por experimentar eventos e conquistar sonhos que estão, momentaneamente, muito além da nossa realidade, seja pela falta de capacitações quanto por extensão de tempo?
Esta defasagem gera muita frustração. Portanto, considerar todas as dicas anteriores, facilitarão na escolha de uma meta executável, com tendência ao concreto.

5. Coloque o objetivo em sua agenda e o detalhe em etapas, transformando-o em um projeto. Mentalização não é milagre. Mentalização é disciplina. Mentalizar é apenas 10% da tarefa, O restante é trabalho duro, focado, destrinchando seu desejo em um passo-a-passo, colocando nas suas tarefas diárias com um prazo final para cada um das fases. Assim, você verá seu desejo, seu sonho, transformar-se lentamente em realidade palpável.

6. Elabore uma imagem mental, um arquétipo daquilo eu deseja ver realizado. Este modelo mental funciona como um sinal eletromagnético projetado na atmosfera emocional coletiva, formada pela soma das bilhões de modalidades de sentimentos de todas as pessoas do planeta, a procura de receptores compatíveis.
Projete todos os dias, mentalmente esta imagem, associada a uma frase afirmativa compatibilizada com ela. Esta combinação tem o poder de estimular o cérebro a encontrar soluções, desenvolver em você novos talentos, afim de acelerar a consolidação do desejo focado.

Estas 6 ações estratégicas nos ajuda  nas concretização das mentalizações. Mentalize e crie aquilo que você deseja para sua vida!