Agende sua experiência

Inscreva-se na nossa newsletter

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no print

Bhúta shuddhi

Larissa Luna

Larissa Luna

Bhúta shuddhi é a etapa de purificação intensiva do corpo e seus canais de energia. Na terceira parte de uma prática completa (o mantra), e depois na quinta parte (o kriyá – as técnicas de limpeza orgânica), já demos os primeiros passos nessa tarefa.

Durante a última semana vivenciamos essa experiência de especializar e aprofundar a purificação, não apenas com mantras, kriyás, pránáyámas (respiratórios), mas também com uma rígida seleção alimentar orgânica, sem sal, sem açúcar, sem laticínios, sem ovos e com um sistema de reeducação das emoções para que o praticante não conspurque seu corpo com os detritos tóxicos de emoções viscosas como o ódio, a inveja, o ciúme, o medo, etc. Também tratamos de regular a quantidade de exercício, de trabalho, de sono e de alimentos. Há uma medida ideal para cada um desses fatores, pois qualquer excesso ou carência pode comprometer o resultado almejado.

Estes e outros recursos são utilizados principalmente para deixar os canais de energia desimpedidos e desesclerosados, a fim de que a energia possa fluir livremente quando for despertada.

De uma forma geral, esse período serve como um empuxo evolutivo. Nos tornamos mais sensíveis durante a vivências das técnicas de nosso método e também do nosso dia a dia. A conexão em cada parte dessa prática se torna ainda mais forte. Dessa forma conseguimos ter um acelerador evolutivo no processo de conexão com a filosofia e com a nossa essência.