Como obter alta performance

Agende sua experiência

Inscreva-se na nossa newsletter

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no print

Como obter alta performance

Larissa Luna

Larissa Luna

Para se obter alta performance é preciso mais do que imaginamos, isso é válido tanto para os esportes, os estudos, as artes quanto na sua atividade profissional. Treinar, estudar ou trabalhar muito, às vezes não é suficiente quando os níveis de informação, conhecimento e desenvolvimento técnico já estejam em alto nível competitivo. Ter controle emocional, concentração mental, aprimorar a intuição, trabalhar o corpo de uma forma saudável e consciente, além de polir as relações humanas e ter uma visão mais ampla da interligação que temos com as pessoas e com o meio em que vivemos, podem fazer toda a diferença.

Associar a realização dos seus objetivos com o desenvolvimento pessoal é o que chamamos de alta performance. Mas de que forma propomos este desenvolvimento?

Através da percepção e do aprimoramento dos planos físico, emocional, mental e intuicional. Temos que nos conscientizar que trabalhar apenas o corpo físico e deixar o mental de lado não é lá uma boa alternativa. Da mesma forma que também não é muito saudável desenvolver apenas o raciocínio, a memória, a criatividade e deixar o seu corpo em segundo plano. Qualquer um que seja deixado de lado, pode comprometer seu desempenho.

Vamos analisar um pouco melhor:

Físico: dos quatro planos aqui citados, o físico é o mais denso e também a base para um bom desenvolvimento dos demais. Para trabalhar esta área, o Método DeRose desenvolve tônus muscular, flexibilidade articular, alongamento muscular, consciência corporal e maior irrigação cerebral. Conseqüentemente desenvolve auto-estima, determinação e perseverança.

Emocional: o emocional é mais sutil que o físico. Por isso, para que ele possa ser vivenciado, devemos aquietar o físico, para que este não o eclipse. Devemos sempre que possível, trocar sentimentos que emocionalmente nos desgastam por sentimentos mais leves. Com uma boa base emocional você terá maior probabilidade de sucesso pois desenvolverá a habilidade de lidar melhor com as outras pessoas. Este plano é mais desenvolvido no nosso Método através de técnicas respiratórias (que desenvolvem também a capacidade pulmonar e fornecem uma cota extra de energia vital), de descontração emocional (que ajudam a reduzir o stress) e de técnicas de mentalização (que auxiliam na conquista dos objetivos).

Mental: não conseguimos utilizar este canal em sua totalidade quando o emocional, que é mais denso, está em evidência. Já percebeu que, quando você está emocionalmente abalado, não consegue raciocinar direito? Por isso acontecem brigas no trânsito ou entre casais, neste momento o emocional geralmente fala mais alto que o mental. Conquistando uma boa estabilidade emocional, podemos aprimorar a concentração mental que vai resultar em um bom raciocínio, memória e criatividade.

No Método DeRose o desenvolvimento deste plano é obtido com técnicas específicas que trabalham foco, como por exemplo, mantendo a atenção direcionada em uma só imagem mental por um tempo determinado. Com o treinamento, o foco e a concentração mental serão utilizados para o alcance dos seus objetivos.

Intuicional: Assim como num dia de sol, ao olhar para o céu não conseguimos enxergar as estrelas, pois estão eclipsadas pelo brilho mais denso do sol, também o plano físico eclipsa o emocional e este eclipsa o mental. Da mesma forma, o intuicional que é uma ferramenta mais sutil, é eclipsado pelo mental. Por isso temos pouco acesso a ele, pois nossa mente não para em nenhum momento e não deixamos espaço para que este canal possa fluir. O desenvolvimento desta área é o diferencial de muitos atletas e profissionais de alta performance. No Método DeRose, treinamos o acesso ao intuicional através do aprofundamento das técnicas de meditação.

Albert Einstein ilustrou isso quando disse: “Penso 99 vezes e nada descubro. Deixo de pensar, mergulho no silêncio, e a verdade me é revelada”

Linus Pauling, ganhador do Prêmio Nobel de Química em 1954 e Prêmio Nobel da Paz em 1962, afirmou: “É claro que nós cientistas usamos a intuição. Conhecemos a resposta antes de checá-la”.

Não é apenas na ciência que o intuicional é utilizado. No mundo empresarial ele ajuda na tomada de decisões, atletas de ponta conquistam resultados cada vez mais extraordinários, estudantes obtêm melhores resultados com menos tempo de estudo e artistas têm sua capacidade de criação potencializada.

Acredito que o aprimoramento pessoal visto desta forma mais ampla contribua efetivamente para a melhoria no desempenho profissional, esportivo, artístico ou nos estudos. Com certeza será um grande diferencial num momento em que informação, conhecimento e o desenvolvimento técnico nessas áreas já estejam em alto nível.

Alta Performance é um estado de equilíbrio verdadeiro e altamente produtivo. Quer viver em alta performance?