Agende sua experiência

Inscreva-se na nossa newsletter

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no print

Respira

Roberta Parente

Roberta Parente

Você sabe respirar? A pergunta parece um tanto quanto óbvia, já que a respiração é um ato vital no qual não precisamos pensar para realizá-lo. Porém, quando a pergunta surge, sempre vem a dúvida se estamos respirando de forma certa. Temos um potencial fisiológico grande, mas aproveitamos muito pouco do que os pulmões podem nos oferecer.

Aprender a respirar é perceber que através desta função vital temos a capacidade de nos conhecer melhor e de atuar com consciência sobre nós mesmos. O simples exercício de observar como a respiração acontece já nos dá dicas de como estamos nos sentindo naquele momento da vida. E desenvolver essa habilidade nos permite agir de forma mais assertiva sem as interferências emocionais ou do meio externo.

Todos nós passamos por situações desafiadoras e estressantes ao longo da vida, da semana, do dia. Aprender a lidar com elas e buscar soluções é uma habilidade que exige autoconhecimento e também segurança emocional e mental. O treinamento da respiração traz esse estado de confiança e principalmente de lucidez para que possamos ter uma visão clara de tudo, ampliando a percepção dos diferentes pontos de vista.

Quantas vezes ao entrar numa situação desafiadora você não parou por alguns segundos e fez uma respiração profunda? Imagine poder parar um tempo maior e conduzir conscientemente a sua respiração num modo que ela auxilie a vivenciar a mesma situação com mais leveza, foco e objetividade? Com o treino constante da respiração é possível passar por adversidades de forma mais serena.

Como seres humanos, as emoções estarão conosco aonde quer que estejamos. Portanto, aprender a lidar com elas é fundamental para uma vida com mais plenitude. Respirar com profundidade é tornar a existência mais completa.

Que tal colocar em prática o treinamento da respiração? Para gerar um estado de maior descontração tanto física quanto emocional é interessante ampliar o tempo da expiração, deixando que o ar saia do corpo sem pressa.

Experimente:

  • Inspire pelas narinas contando 3 segundos;
  • Expire pelas narinas contando 6 segundos.

Siga nesse ritmo até ele ser incorporado por você de forma fluida e contínua. Faça essa pausa num local confortável e acolhedor. Coloque um aroma no ar e entregue-se a sensação de estar vivo, respirando com plenitude e felicidade! Respire!