Agende sua experiência

Inscreva-se na nossa newsletter

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no print

Conexão e detox

Ana Egloge

Ana Egloge

Estabelecemos comunicação com o mundo exterior através dos sentidos que possuímos: visão, audição, olfato, paladar e tato; recebendo estímulos e processando-os mentalmente. Com o mundo interno também estabelecemos comunicação devido à estímulos feitos através das terminações nervosas presentes em músculos, articulações e órgãos.

Se alguma coisa está errada em nosso corpo, sinais de alerta são enviados para que prestemos mais atenção, fazendo com que tenhamos mais conhecimento sobre como funcionamos.

Pequenos problemas podem se acumular e levar a fadiga, acabando com a energia para realizar até mesmo simples tarefas. Assim, prestar atenção ao próprio corpo é a ideia básica da consciência corporal, reconhecendo e identificando processos e movimentos corporais, internos e externos. É saber o que pode ou não fazer e qual é o seu limite. Uma espécie de autoconhecimento, entendendo o que o corpo é capaz.

Conhecer e respeitar os limites de seu corpo evita doenças, bem como, demonstra os limites físicos durante as atividades diárias, de esporte e lazer. É importante, também, para o desenvolvimento de posturas e atitudes que melhoram nossa qualidade de vida e até mesmo o relacionamento interpessoal.

Desenvolver a consciência corporal não é tão difícil quanto parece. Com simples hábitos você consegue conhecer mais sobre si mesmo.

O primeiro a se fazer é prestar atenção nos movimentos que realiza no dia a dia. Uma maneira de adquirir consciência corporal é realizando algum tipo de atividade física, seja ela de baixo ou alto impacto. O yôga, por exemplo, é uma ótima prática para conhecer a si mesmo. Os ásanas, mais conhecidos como posturas, ajudam a focar no agora e a desenvolver um elo consigo mesmo.

Dessa forma com intuito de intensificar essa conexão com a sua consciência e catapultar o processo evolutivo na prática do yôga aplicamos o Bhúta Shuddhi que consiste em técnicas de limpeza e purificação associada à uma dieta específica.

Um organismo mais limpo, gera no ser humano mais saúde, energia e disposição, além de influenciar nos estados emocionais e mentais, proporcionando-lhe mais clareza de pensamentos, satisfação e felicidade.

O momento atual já nos mostrou a importância de cuidarmos mais de nós mesmos e repensarmos nossos hábitos para uma vida mais equilibrada e saudável. Ao se aprofundar mais num processo de autoconhecimento sabemos o que gostamos, o que não gostamos, quais são nossos sonhos e como alcançá-los com mais vitalidade e foco no nosso dia-a-dia.