Meditação e alta performance

Agende sua experiência

Inscreva-se na nossa newsletter

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no print

Meditação e alta performance

Larissa Luna

Larissa Luna

A meditação refere-se à parada das ondas mentais. Resumindo é o praticante conseguir parar de pensar. Quando isso acontece a consciência passa a fluir por um mecanismo que está acima da mente, que a intuição, gerando um efeito de expansão de consciência.

Mas, o que alta performance profissional, nos estudos e nos esportes tem a ver com meditação?

Uma frase que pode ser usada quase como um mantra para quem busca a alta performance é a citação do T. Harv Eker, autor do livro “Segredos da mente milionária” onde diz: “pensamentos geram sentimentos, sentimentos geram ações, ações geram hábitos.” Ela diz muito sobre como podemos transformar nossas vidas através do auto-estudo em relação ao aumento da performance individual e coletiva.

A partir do momento que você observa como se comportam os seus pensamentos você tem uma ideia de como irá reagir às situações. Sendo assim, quanto mais você pratica e treina a sua mente, mais você mergulha em seu subconsciente, acessando seus condicionamentos também conhecidos como hábitos.

Mergulhando conscientemente em seus condicionamentos e padrões em um lapso de ação e reação você passará a escolher primeiramente os seus pensamentos que irão gerar melhores sentimentos e, com as ações mais conscientes, condicionando-se para uma vida mais saudável, produtiva e longínqua.

Podemos referir como meditação o estado de super-consciência gerado pela intuição linear alcançado com o exercício da técnica ou poderemos nos referir também ao próprio exercício. 

Dessa forma, o praticante de meditação já estará colhendo esse tipo de resultado antes mesmo da intuição linear acontecer de fato. O próprio caminho de aprendizado da meditação irá lhe fornecer importantes insights sobre si mesmo!